5 Práticas de uma análise de crédito assertiva

Práticas de uma análise de crédito assertiva

análise de crédito é uma grande preocupação para a maioria das empresas e hoje vivemos tempos de baixa nas vendas e acesso ao crédito cada vez mais escasso, dificultando o “fôlego” tanto de pessoas Físicas quanto de Pessoas Jurídicas.

Em um cenário econômico em que o número de inadimplentes cresce a cada dia (fonte: Serasa), 4 a cada 10 brasileiros encontram-se inadimplentes, afetando a concessão de crédito dos consumidores e consequentemente entre pessoas jurídicas.

Fica a questão: como mitigar os riscos ao realizar uma análise de crédito?

Pensando nisso elencamos cinco PRÁTICAS de mercado para que você possa fazer uma análise de crédito assertiva.

1 – Conheça o seu negócio e o seu cliente: Entender os objetivos de sua empresa e transformá-los em um processo (Políticas, Regras) é o primeiro passo para que se construa um perfil individual dos clientes.

Este perfil normalmente é resultado da análise de crédito, que considera informações de Provedores (BOA VISTA / SERASA, e outros…) e o comportamento do cliente com nossa empresa.

2 – Esteja familiarizado com os ‘Cs do crédito’, é dos métodos mais conhecidos de análise de crédito, segundo esse método, para fornecer um crédito, deve-se analisar algumas informações do cliente, como: Caráter, Capacidade, Capital, Colateral, Condições e Conglomerado.

Este método é muito aplicado a créditos especiais, porém demasiadamente burocrático em créditos massificados, então seu uso é determinado no item: Conheça o seu negócio e o seu cliente.

3 – Defina o tipo e o teto de crédito a serem concedidos. A partir do momento em que a empresa conhece o seu cliente, ela pode estabelecer qual teto de crédito a ser concedido ou popularmente falando Limite de Crédito.

4 – Gerencie os seus clientes. Após emitir um parecer positivo para um teto de crédito (Limite de crédito), sua empresa precisa gerenciar este teto, flutuando para cima ou para baixo de acordo com o comportamento do cliente em períodos determinados nas políticas de crédito;

Por zelo naturalmente as empresas não concedem uma linha de crédito elástica nas primeiras operações, o que mitiga o risco e por outro lado pode restringir as vendas.

5 – Uso de um software especialista de análise de crédito é a maneira mais eficaz e eficiente de se automatizar, padronizar e gerir a esteira de crédito e a carteira de clientes.

O processo se torna muito mais Seguro, Simples, Objetivo e, consequentemente, mais rápido.

O uso de um Software naturalmente está ligado a processos e métodos, que tendem a elimina muitas etapas do processo de análise convencional, um modelo de software de análise de crédito é o Deps.net.

A função de uma análise de crédito assertiva é reduzir inadimplência, otimizar custos e assumir o controle da esteira de crédito e da carteira de clientes, possibilitando a empresa se proteger e ao mesmo tempo não perder negócios.

Considerando essas PRÁTICAS, a sua empresa ficará bem mais perto de aplacar os riscos das concessões de crédito.

EQUIPE DEPS TECNOLOGIA

consultoria-gratis-analise-de-credito-deps