Como reduzir perdas com inadimplência e otimizar o tempo dos processos de vendas

É lugar comum afirmar que vivemos em tempos extremamente competitivos e que é cada vez mais complexa a tarefa para as empresas garantirem sua sobrevivência nesse cenário desafiador.

Como diminuir a inadimplência? Como reduzir as perdas? Como fazer o melhor uso do tempo? Como otimizar os processos de vendas? Essas são questões objetivas que representam algumas das principais preocupações do setor empresarial atualmente.

Na DEPS, sabemos da importância dessas questões. Pensando nisso, neste texto mostramos ações concretas de como reduzir as perdas com inadimplência e de como otimizar o tempo nos processos de vendas. Continue a leitura e saiba mais.

Como diminuir a inadimplência?

No Brasil, em meio à crise, os problemas com a inadimplência apresentam números bastante expressivos, como já mencionamos aqui no blog em texto recente. Segundo pesquisas da Serasa Experian, em março de 2018, cerca de 5,4 milhões de empresas estavam inadimplentes no Brasil.

O desafio é reduzir os problemas com a inadimplência, mas não afetar o faturamento. De fato, uma gestão de crédito muito conservadora e tradicional, pode levar à diminuição do fluxo de vendas. A solução é implementar uma política clara de concessão de crédito.

Em termos gerais, essa política engloba as estratégias e os critérios que serão adotados pela empresa na hora de definir com quem irá fazer negócios. Trata-se, no fundo, de responder às seguintes perguntas: a quem conceder crédito?, a quem não conceder crédito? E segundo quais justificativas? No momento de responder a tais questões, são analisadas as características do potencial cliente, como comportamento pregresso, tempo no mercado e informações positivas e negativas. Com o seu perfil econômico-financeiro traçado, a decisão pode então ser tomada.

Uma vez que o volume de dados a ser analisado em uma avaliação inclui a análise de centenas e centenas de variáveis, cada vez mais, a gestão manual desse processo se torna algo inoperante e obsoleto. Por isso, os softwares de gestão de crédito são uma alternativa viável e segura. Eles fazem com que a empresa conceda crédito aos bons pagadores e corra menos riscos em suas escolhas.

Com o software, a política de concessão de crédito deixa de ser subjetiva e passa a ser traduzida em regras claras e em pontuações automatizadas e padronizadas, diminuindo com isso o nível de inadimplência. Depoimentos de empresas que adotaram a automação no processo de concessão de crédito relatam que, no período de dois anos, passaram de um índice de 2,2% de inadimplência para 1,38%, mesmo em um cenário de crise, conforme relatamos inicialmente.

Como reduzir perdas?

Sabemos que as perdas nas vendas têm impacto direto na lucratividade das empresas. Por isso, uma gestão apropriada desse quesito é prioridade para um desempenho proativo e competitivo.

Normalmente, uma gestão tradicional das perdas tem sido associada à ideia de evitar o risco. Contudo, cada vez mais as empresas têm evoluído para uma visão estratégica, segundo a qual a tecnologia e a inteligência de risco devem ser usadas para revelar o real o valor e a oportunidade de cada transação.

Na visão tradicional, muitas vezes, a empresa perde clientes para a concorrência ao deixar de fazer negócios com um potencial bom cliente; outra vezes, aposta erradamente em transações com pagadores inadimplentes.

A solução para esse impasse é a adoção de um software para uma gestão automatizada. As vantagens dessa ferramenta são inúmeras. Juntamente com a decisão segura e responsável sobre a concessão ou a negativa do crédito, com a automação, a empresa recebe uma classificação dos clientes, que permite mapear oportunidades e ameaças, apresentando um limite de crédito responsável que poderá ser concedido com segurança. Isso tem um impacto direto na redução das perdas.

Como otimizar os processos de vendas?

“Tempo é dinheiro” é outra das máximas comuns no mundo dos negócios. A verdade que essa frase expressa é bastante evidente: o tempo tem sido hoje monetizado como próprio ativo da empresa. De fato, uma gestão rápida dos processos pode constituir uma vantagem competitiva muito importante, colocando o seu negócio à frente da concorrência.

Imagine analisar na famosa “ponta do lápis” uma miríade de dados, da ordem das centenas aos milhares, dos mais variados tipos e procedências. Imagine, ainda, a tarefa de coletar esses dados e organizá-los de forma a que possam ser processados.

Há três aspectos a serem levados em causa nessa prática. O primeiro é a exiquibilidade dessa forma de gerir as coisas. Dependendo da complexidade e do volume de transações envolvidos, não temos isso sequer como uma alternativa que pode ser colocada em prática. Para além disso, o tempo envolvido para levar a cabo essa tarefa é compreensivelmente longo e pode estagnar a esteira de vendas da empresa. A consequência? Perda de vendas e perda de clientes, que migram para quem lhes oferece respostas mais rápidas e proativas. Por outro lado, essa gestão tradicional demanda muito dos colaboradores e engaja-os em atividades que deveriam levar consideravelmente menos tempo. Esses colaboradores poderiam estar aplicando suas energias a outros setores da empresa e contribuindo de modo muito mais eficaz para o seu desenvolvimento.

A automação na gestão de crédito mais uma vez é a solução a ser apontada. Ela economiza tempo e esforço dos recursos humanos da empresa. O trabalho dos analistas pode então ser concentrado em análises de outros processos, que potencialmente demandam mais riscos e representam mais consequências para os negócios. Com o tempo da esteira de vendas reduzido, o volume dos negócios e das transações ganha terreno para se expandir e fazer a empresa crescer.

Como vimos, o software de gestão de crédito pode ser a solução para vários problemas de uma só vez: inadimplência, perda de receita e tempo curto. Na DEPS, contamos uma equipe comprometida de ponta a ponta com a implementação desses softwares, fazendo com que essas soluções se tornem uma realidade na sua empresa.

Quer saber mais sobre este assunto? Baixe o nosso e-book “Análise de crédito: boas práticas para reduzir o tempo de resposta e aumentar as vendas” e conheça a metodologia dos 5Cs da concessão de crédito.