Metodologia OKR por que ter processos estruturados por metas

Você certamente já ouviu dizer que a menor distância entre um ponto e outro é uma reta. Porém, quando se trata de uma empresa, qual é a menor distância entre um objetivo e o resultado? A metodologia OKR pode ajudar a responder!

OKR (Objetive and Key Results), ou em bom português “objetivos e resultados chave”, é uma metodologia voltada para o alcance de resultados com base em uma premissa básica: bom planejamento.

No entanto, como veremos adiante, há muito mais a saber sobre a metodologia OKR. Então, se deseja conhecer melhor o assunto, continue a leitura e confira o post que preparamos para ajudá-lo!

O que é a metodologia OKR e como ela funciona?

Em poucas palavras, podemos conceituar a OKR como uma maneira estratégica de atingir objetivos por meio do estabelecimento de metas.

Independentemente do objetivo que se pretende atingir dentro da empresa, é possível traçar um panorama de execução com base no estabelecimento de alguns pontos-chave. Ou seja, é preciso ter em mente, de forma clara, o que se pretende fazer, como fazer e, principalmente, como mensurar se está sendo feito adequadamente.

De maneira simplificada, para se utilizar a OKR é preciso esquematizar uma tarefa da seguinte maneira:

  • “eu vou” (objectives) — aqui se define o objetivo real do negócio, onde se pretende chegar. Um bom objetivo é aquele capaz de ser claramente descrito para os envolvidos na ação, de modo que possam mensurar o quão relevante ele pode ser;
  • “medido por” (Key Results) — a noção dada por essa expressão é a de avaliação, isto é, quais mecanismos serão utilizados para que se possa avaliar o desempenho das metas estabelecidas.

A exemplo, imagine que a sua empresa necessita estabelecer uma estratégia para reduzir os índices de inadimplência. O ponto de partida você já possui: o objetivo de reduzir as taxas de inadimplência. Em seguida, é preciso estruturar as medidas que poderão ser tomadas para isso e, mais do que isso, como medir os resultados.

Desse modo, é preciso que a empresa trabalhe com dados precisos, advindos das suas transações e da política de crédito. Só assim terá pleno controle sobre a metodologia ORK e poderá garantir os resultados.

Quais são as vantagens da implantação dessa metodologia?

Em linhas gerais, diversas são as vantagens de se trabalhar com um ambiente estruturado por meio de metas. A visibilidade que a OKR traz para os gestores e líderes, e também para os próprios colaboradores, ajuda na execução eficiente de ações, tais como:

Vendas

O estabelecimento de OKRs de vendas, por exemplo, ajuda o negócio a dimensionar melhor suas estratégias, fixando metas mais claras, com base no seu público.

O fato de se acompanhar continuamente indicadores de desempenho facilita ajustes no setor comercial, flexibilizando ou não as negociações por meio de dados do próprio mercado, além de melhorar a autonomia do setor, que já sabe o que precisa fazer.

Análise de crédito

Além disso, vale mencionar também o diferencial da OKR na fixação das metas para a análise de crédito. A partir dessa metodologia a empresa consegue trabalhar com metas consistentes, claras e baseadas em dados concretos acerca das suas operações.

Porém, é preciso lembrar que isso só será possível se a empresa trabalhar com o apoio de sistemas informatizados — como softwares —, os quais podem não só facilitar a obtenção de dados sobre as transações, mas também reforçar a qualidade da OKR ao fornecer indicadores estratégicos para o acompanhamento das metas.

Por fim, a metodologia OKR atualmente está presente em negócios dos mais variados portes e segmentos. O grande potencial de reforço na gestão, seja ela de RH, crédito, finanças ou administrativa, comprova a versatilidade desse conceito e ajuda gestores a otimizar os resultados nas mais variadas frentes da empresa.

Gostou das informações deste artigo? Quer aprender mais sobre esse e outros temas relacionados? Assine nossa newsletter e fique por dentro dos nossos conteúdos!