Movimentação de clientes por que criar estratégias para engajar os inativos

Tão importante quanto conquistar clientes é criar estratégias para engajar aqueles que se tornaram inativos. O engajamento de clientes é o primeiro passo não só para garantir mais vendas para a empresa, mas também para expandir a sua atuação no mercado.

A seguir falaremos mais sobre a importância do gerenciamento ativo dos clientes e como engajar os inativos. Além disso, mostraremos como as tecnologias podem colaborar com esse processo!

Qual importância de manter um gerenciamento ativo dos clientes?

O mercado competitivo e imprevisível exige das empresas planejamento, dedicação e conhecimento, a fim de garantir o sucesso da organização. Entre as principais tarefas que ajudam nesse processo está o gerenciamento da carteira de clientes.

Como se sabe, o consumidor é peça fundamental para que um negócio seja reconhecido pela excelência de seus produtos e/ou serviços. Logo, não adianta ter uma ótima propaganda, se os clientes estão insatisfeitos.

O gerenciamento auxiliará não só no aumento da satisfação, mas também a garantir que o consumidor receberá um serviço de qualidade, recuperará aqueles que se tornaram inativos, entre outras tarefas.

Como estabelecer ações para reativar o engajamento de clientes inativos?

O custo para conquistar um novo cliente é muito maior do que manter um que já costuma comprar na sua empresa. Por isso, é importante trabalhar com a reativação daqueles consumidores que se tornaram inativos por algum motivo. Confira os passos a seguir para garantir a eficácia da estratégia!

Fazer uma lista de clientes inativos 

O primeiro passo da reativação, é fazer um levantamento dos clientes inativos. Quanto mais dados reunidos nesse processo, melhor será. Por isso, capte informações como ticket médio de compras, últimas aquisições, processo de atendimento realizado, contato e também preferências desse consumidor. Isso ajudará na segmentação da base para que o trabalho possa ser desenvolvido.

Estabelecer uma campanha estratégica 

A partir dos dados obtidos é possível criar uma campanha estratégica de reativação. O primeiro passo é ter atenção ao que levou o cliente a parar de adquirir os seus produtos ou serviços. Isso pode ter vários motivos, como aumento do preço, a qualidade que decaiu, entre outros. Procure saber as motivações que o levaram a esse ponto, por meio de pesquisas.

Abordar o cliente de maneira objetiva

Procure restabelecer o contato com esse cliente inativo, lembre-se de que muitas vezes será necessário mais de uma abordagem. Porém, cuidado com a periodicidade do disparo de mensagens e com o conteúdo delas, é preciso ser atrativo para que o consumidor se sinta impelido a lê-las.

Para atraí-lo novamente foque em um benefício como desconto na compra ou outro que julgar mais adequado ao seu público, como a inserção em um clube de benefícios.

Por que contar com um software nesse processo? 

Um software é uma ferramenta bastante útil nesse processo de engajamento de clientes e reativação dos inativos. Por exemplo, por meio de um sistema de gestão de crédito é possível ter um controle de compras e também do ticket médio dos clientes.

Além disso, essa ferramenta ajuda no processo de liberação de crédito para que a equipe de vendas possa fazer uma abordagem mais ágil e eficaz diante dos clientes. Ainda é possível acessar indicadores que ajudam na compreensão dos consumidores, visto que há um processamento ágil das listas de clientes ativos e inativos.

Retomar o engajamento de clientes é um processo essencial para a empresa que almeja um crescimento sustentável, sem ter que dispender tantos recursos para a conquista de novos consumidores.

Como dissemos, o software de gestão de crédito pode ser bastante útil nesse processo de aumento de vendas. Quer saber mais sobre o assunto? Leia o nosso artigo sobre o tema e confira!