Os problemas da gestão de pedidos de compra não automatizada

Você quer captar clientes de pequeno e grande porte, mas sente que precisa melhorar a gestão de pedidos de compra? Hoje, novas tecnologias são desenvolvidas para agilizar os processos de análise de crédito.

Sendo assim, não faz nenhum sentido a sua empresa ficar exposta a problemas como incidência de erros, retrabalho ou aumento da inadimplência em consequência de métodos ultrapassados, concorda?

Pensando nisso, nós vamos mostrar como são os processos de vendas não automatizadas, o que isso pode causar, as vantagens de adotar um sistema automático e outras dicas para tirar todas as suas dúvidas. Continue a leitura.

Como são os processos em uma estratégia de vendas não automatizada?

Nesse método, o próprio operador tem que tomar as decisões, e a coleta de dados é menos precisa. O sistema fica extremamente vulnerável às falhas humanas e retrabalhos, ou seja, um bom tempo de produção é desperdiçado.

Também não existe garantia de que o procedimento seja padronizado para todos os clientes, pedidos e análises, como acontece no modo automatizado. Se você atende o pedido de alguém, mesmo que ele tenha protesto em outra empresa, é sinal de que as escolhas são subjetivas. Portanto, estão sujeitas a erros e outros prejuízos.

Há casos em que os processos são parcialmente manuais ou parcialmente automatizados. Ainda assim, é preciso estabelecer regras claras e se comprometer com elas. Se a política é não vender para quem tem protesto, não venda. Por que abrir exceções?

Quais são os principais problemas para empresas de grande porte?

Toda organização que lida diariamente com fluxo alto de pedidos precisa manter a agilidade no processo de análise de crédito. Isso é o básico para manter a qualidade no atendimento e o cumprimento de prazos.

Essa atividade exige muito da equipe, pois as solicitações se multiplicam rapidamente e fica impossível responder a todas no mesmo espaço de tempo e ainda dar conta dos pedidos bloqueados.

Nesse sentido, qualquer erro pode ocasionar um “efeito dominó”, que derruba outras cadeias interligadas. Além disso, é comum o gestor achar que está dentro de um padrão quando a coisa não é bem assim.

Na verdade, ele submete a carteira de clientes a uma análise periódica baseada em inúmeras regras que, muitas vezes, no lugar de ajudar, impedem que as possibilidades de venda aconteçam.

Na falta de um padrão inteligente, imparcial e automatizado, existe sempre a dependência de um analista. Problemas como dificuldade no levantamento de dados e conhecimento superficial sobre o cliente causam um gargalo na esteira de crédito.

Como fica a relação com o cliente em uma esteira de vendas não automatizada?

O relacionamento com o cliente fica comprometido por conta das seguintes situações:

  • demora na entrega do produto;
  • falta de scoring para classificação do cliente;
  • ausência de regras claras para a equipe de vendas;
  • método de análise que depende do cadastro do cliente;
  • reclamações do setor comercial por conta do tempo de resposta de aprovação de crédito;
  • gargalo na esteira de crédito (alto prazo de resposta);
  • preocupação constante com inadimplência;
  • alto índice de inadimplência ou taxa fora da meta;
  • necessidade de aumentar os limites com frequência para vender mais;
  • incapacidade de identificar ameaças e oportunidades com velocidade;
  • lentidão nos processos de crédito e cobrança;
  • processo de crédito complicado;
  • pouca oferta de crédito;
  • insegurança ao conceder o crédito;
  • falta de padrão no processo decisório que depende de pessoas;
  • esteira de crédito burocrática: os clientes não são tratados de forma personalizada;
  • falha da auditoria em identificar aprovadores de operações como limites e pedidos;
  • muito tempo para tomar a decisão;
  • dificuldade em traçar estratégias de concessão de crédito e sua recuperação.

Além de todos esses entraves, os clientes são tratados praticamente da mesma forma, pois a identificação é feita individualmente ou quando é constatado que o pagamento está em atraso.

Por que a análise pedido a pedido pode significar perda de eficácia no planejamento financeiro?

Porque existe enorme dificuldade no levantamento de dados que resultam em escolhas incertas. Com isso, acontecem perda de detalhes, falta de direcionamento e gestão descentralizada. É uma questão de ser reativo ou proativo.

Os profissionais com características reativas não tratam o departamento comercial como deveriam, pois o foco são as vendas. Já os proativos veem esse setor como um cliente interno, um parceiro.

Vantagens da automação da gestão de pedidos de compra

São inúmeras vantagens, confira as principais:

Redução de custos

Você pode trabalhar com uma equipe reduzida, uma vez que os “robôs” entram em cena para analisar os pedidos de créditos.

Aumento na oferta de crédito

O software garante mais suporte, tanto para o setor comercial como para o financeiro. Assim, ambos podem escolher com quem negociam.

Simplificação do processo de crédito

Os dados dos clientes ficam centralizados e o acesso se torna mais ágil e simplificado. Como resultado, a avaliação é dinâmica.

Redução da inadimplência

Quando a análise de crédito é feita corretamente, o risco de inadimplência cai porque as informações corretas são coletadas e empregadas conforme deveriam.

Agilidade nos processos de crédito e cobrança

Por exemplo, é possível checar o histórico de transações de determinado cliente e, com base nele, enrijecer ou flexibilizar o processo de análise. Assim, reduz-se o tempo de espera dos clientes mais qualificados.

Ganho de tempo e produtividade

As tarefas manuais demandam muito tempo, enquanto a automação reduz o número de atividades, otimiza o tempo e melhora a produtividade.

Como um software de análise de crédito ajuda na solução de problemas?

O software acaba com a subjetividade da análise humana. Em outras palavras, o robô não tem sentimentos: responde às políticas de crédito da mesma forma, 24 horas por dia. Ele é inflexível com quem não atende às regras porque verifica tudo o que é positivo, mesmo com alguns contras.

O DepsNet, um sistema modular com processos e funcionalidades incrementais, oferece uma análise de crédito inteligente sustentado por quatro pilares:

1. Integração

A plataforma de colaboração permite que os analistas trabalhem em um único ambiente preparado e focado na eficiência da tomada de decisão.

2. Gestão de crédito

É possível criar regras, permissões e alçadas em níveis para todos os usuários, bem como atender a demandas de pessoa física ou jurídica. O método de gestão pode cruzar mais de 700 variáveis alinhadas com a sua estratégia.

3. Governança

O processo de governança permite o controle da esteira de crédito de aprovações com o histórico de todas as informações para você consultá-las a qualquer momento.

4. Automação

software possibilita mais flexibilidade de automação nas requisições de crédito, limites e pedidos com respeito aos aspectos da melhor decisão para equilibrar segurança, economia, rapidez e apoio às vendas.

O DepsNet acompanha as atividades pela Serasa ou Boa Vista — isso é variável de acordo com o contrato do cliente. Quando o sistema cruza as informações sobre o que a pessoa comprou ou pagou, o scoring automaticamente gera um limite.

Temos um tipo de know-how para dizer o que é confortável dentro de cada faixa ou segmento. A inteligência analisa o histórico do cliente em relação aos créditos aprovados e seus respectivos pagamentos.

Por exemplo, quando Maria e Mariana se comportam da mesma forma em relação a um crédito semelhante, as chances de que Roberto, um novo cliente, seja igual a elas é muito alta. É assim que funciona o cérebro do nosso software.

Entretanto, Roberto está pedindo R$ 1.000,00, enquanto Mariana compra e paga R$ 500,00 desde 2010. Será que é seguro dar R$ 1.000,00 para ele? Ou é melhor esperar ele provar que pode sustentar esse limite?

Vamos começar com R$ 250,00 (50% do que a Mariana tem). Se ele comprar e pagar direitinho, é só liberar mais. Você não perde a oportunidade da venda e não se arrisca.

Percebeu que para se manter competitivo no mercado é preciso ser criativo para driblar as adversidades e, ao mesmo tempo, perseguir a inovação? Por meio da gestão de pedidos de compra automatizada, você vai turbinar os resultados do seu negócio. Pense nisso.

Vamos conversar? Em nossa proposta de valor, desenvolvemos políticas de crédito alinhadas com o seu negócio, criamos planos de governança e controlamos integralmente a sua carteira de clientes. Entre em contato agora mesmo!