Cobrança: como planejar e criar metas para reduzir a inadimplência

Um dos maiores problemas enfrentados pelos gestores de empresas é a inadimplência. Tendo em vista toda a complexidade desse fator, muitos empresários têm buscado informações a respeito de soluções para tal adversidade. E, o procedimento mais indicado é criar metas para reduzir a inadimplência.

As empresas terão maior sucesso no recebimento de valores com as operações de prevenção e cobrança de clientes funcionando corretamente. Pois o maior problema da inadimplência não é a falta de pagamento, mas sim a falta da análise de credito ou sua insuficiência, por não ter metodologias e políticas de avaliação.

Deseja saber um pouco mais sobre como planejar e criar metas para reduzir a inadimplência? Continue lendo nosso artigo!

Por que nortear o trabalho com metas?

Estipular metas a serem alcançadas na área de cobrança e crédito, pode fazer toda a diferença entre o sucesso e o fracasso da sua empresa. Assim será possível saber qual é a data de vencimento das parcelas de todos os clientes antecipadamente.

Fazendo isso, também será possível enviar avisos de quantos dias faltam para a conta vencer. Dessa forma serão evitadas muitas dores de cabeça.

Qual a importância do planejamento das metas?

Para alcançar objetivos de forma rápida e eficiente, o melhor recurso a ser utilizado é o planejamento. Com ele fica mais fácil obter clareza e visão para a tomada de decisões. Mesmo que a organização de objetivos seja simplificado, as chances de alcançar êxito são bem maiores.

O que deve ser levado em consideração para criá-las?

As metas a serem desenvolvidas devem ser específicas e alcançáveis, além disso, consistentes e medíveis. É muito importante que sejam criadas metas individuais e coletivas, que estimulem tanto o trabalho pessoal quanto em equipe.

Entre as metas que podem ser criadas para os funcionários estão:

  • agilidade nas análises;
  • redução dos custos de cobrança.

Já os principais indicadores que devem ser avaliados são:

  • indicadores de atraso geral;
  • índice de atraso parcial;
  • prazo médio de faturamento e de recebimento.

A objetividade do programa é um ponto importante a ser avaliado. Não adianta estipular muitas metas e o desempenho dos colaboradores ser ruim.

Como acompanhá-las e dar feedback?

Fazer o acompanhamento da evolução dos indicadores e saber o desempenho dos funcionários engajados nas metas é de extrema importância. Com tal atitude poderão ser encontrados os pontos a melhorar e assim novas ações poderão ser tomadas.

Sem contar que ainda será possível dar o feedback aos colaboradores, que, ao receberem elogios ou críticas construtivas, poderão melhorar seus pontos fracos.

Enfim, planejar e criar metas para reduzir a inadimplência é essencial para o bom andamento dos negócios de uma empresa, pois gestores e empresários terão maior visibilidade de como está o setor de cobranças.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre esse assunto contacte uma empresa especializada em sistemas de gestão de crédito e conte com a ajuda de profissionais especializados na área.

Gostou de aprender a criar metas para reduzir a inadimplência? Aproveite a visita ao nosso blog para assinar a nossa newsletter e assim você receberá novas dicas em seu e-mail!

Equipe Deps Tecnologia.

eBook: VENDENDO MAIS COM A GESTÃO DE CRÉDITO


Consultoria gratuita sobre análise de crédito