/
/
Os 4 segredos para ter uma boa gestão financeira

Os 4 segredos para ter uma boa gestão financeira

Realizar uma boa gestão financeira é sempre um desafio. Mesmo os líderes e gestores mais experientes têm dúvidas em relação às melhores práticas e estratégias a serem adotadas, afinal, as mudanças são frequentes e as possibilidades são muitas.

Contudo, ao prestar atenção em alguns detalhes importantes e garantir a segurança nas transações realizadas pela empresa, a gestão financeira ficará mais fácil e os riscos de problemas serão menores.

Para te ajudar com o assunto e contribuir para que otimize o seu negócio e a sua gestão, separamos algumas dicas:

1. Faça um bom uso das ferramentas financeiras

Mantenha controle intenso sobre o fluxo de caixa e das transações diárias da empresa, porque somente dessa forma você terá um conhecimento profundo dos seus lucros e despesas e poderá organizar investimentos e planejar ações.

Essa medida é essencial para a garantia da saúde financeira da empresa, já que por meio dela ficará mais fácil controlar os pagamentos que estiverem sendo realizados pontualmente e os que estiverem em atraso, além de estruturar ações de cobrança e de redução de inadimplência.

2. Aproveite bem as funcionalidades do seu software de gestão

Ao utilizar um bom software de gestão você tem a possibilidade de centralizar todas as questões financeiras em um só local, o que agiliza as atividades, reduz a burocracia e permite que você economize com a contratação de vários funcionários.

Além disso, conforme sabido, esses softwares melhoram a qualidade das informações obtidas, reduzem o número de erros e facilitam o trabalho em equipe.

Esses benefícios contribuem para a melhoria do clima no escritório e para um relacionamento mais saudável com os clientes, que serão atendidos com mais rapidez e mais eficiência.

Se você trabalha com revenda ou prestação de serviços para outras empresas, por exemplo, não será necessário digitar a razão social e o CNPJ a cada transação financeira. Da mesma forma, você poderá consultar rapidamente as operações anteriores para conhecer o perfil do cliente, qual a maior demanda etc.

Então é importante que você fique atento, utilize todas as funcionalidades oferecidas pela ferramenta e incentive seus funcionários a utilizarem.

É essencial ressaltar essa questão uma vez que é comum que após a contratação dessa ferramenta alguns membros da equipe fiquem resistentes e usem parcialmente o sistema.

Caso isso ocorra, além de prejudicar a organização e a centralização das informações, você terá maiores possibilidades de erros e poderá ficar prejudicado em relação aos fechamentos mensais e aos controles das vendas.

Portanto, reúna a equipe, dê treinamentos e estimule a utilização correta.

3. Mantenha um planejamento estratégico

Saber onde está e aonde quer chegar é essencial!

Acontece que algumas vezes, com anos de experiência e várias conquistas, os gestores começam a desenvolver ações para melhorar a rotina da empresa e alcançar resultados imediatos, mas esquecem dos planejamentos maiores.

Se essa fora a sua situação atual, reserve um tempo para repensar os objetivos da empresa, definir novas metas e estabelecer períodos de tempo para alcançá-las.

Isso é extremamente importante porque te estimula a atrair novos clientes e a reservar recursos financeiros para investimentos diferenciados e inovadores.

A medida também é interessante porque permite traçar o potencial do cliente a ser alcançado e contribui para que você reduza problemas com inadimplência.

4. Realize análises de crédito

Antes de realizar uma transação e efetuar a venda de um produto ou de um serviço, analise a situação financeira da empresa com a qual está firmando negócio.

Atualmente existem softwares modernos e rápidos que realizam esse serviço de forma totalmente autônoma, sem interferência humana.

O interessante é que elas são mais seguros, possuem um custo menor e ainda integram vários serviços em um só local: consulta personalizada com bases nos requisitos que você definir e automação na definição de créditos e de limites.

O mecanismo contribui para a redução da inadimplência e facilita os mecanismos de cobrança, além de permitir que você crie vínculos mais estreitos com clientes que forem mais ativos e estiverem mais estáveis no mercado.

Essas estratégias, com certeza, contribuirão para uma boa gestão financeira e trarão mais tranquilidade para a sua rotina.

O texto te ajudou?

Imagina como são ricos nossos materiais, abaixo uma amostra, acesse e aprenda ainda mais como fazer uma excelente gestão na sua empresa.

Análise de crédito em tempos de crise

Fique por dentro, nos siga no Instagram e linkedin estamos bem ativos por lá, sempre com novidades e materiais ricos para te apoiar.

Compartilhar:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter