Importância da gestão de crédito estratégica nas vendas da empresa

A importância da gestão de crédito estratégica nas vendas da sua empresa pode ser notada quando uma oportunidade de negócio é identificada, por meio de um bom cliente, ou ainda, com a redução dos casos de inadimplência.

Saber quem são os clientes que vão proporcionar bons lucros para a empresa e aqueles que podem causar prejuízos não é uma tarefa simples. A identificação dos perfis não se limita apenas a padrões de comportamento ou a um score de crédito. É uma série de fatores que vai construir o histórico de cada cliente ao longo de sua jornada no mundo dos negócios.

Investir na gestão de crédito eficiente é o caminho que deve ser adotado pelas empresas a fim de evitar danos e prejuízos financeiros. Neste artigo, mostraremos importância de realizar o gerenciamento e as principais vantagens que serão obtidas com uma gestão de crédito eficiente. Continue conosco e confira!

O QUE É E COMO FUNCIONA A GESTÃO DE CRÉDITO

A concessão de crédito é uma atividade que oferece risco para as empresas. A possibilidade de o cliente não cumprir com a dívida existe, podendo levar a empresa a sofrer prejuízos financeiros que podem impactar diretamente em seu orçamento.

Apesar dos riscos, a empresa que concede crédito tem acesso a uma arma poderosa para a atração e fidelização de clientes. O relacionamento que é construído a partir dessa operação pode gerar lucro e novos negócios.

Diante dos riscos e das oportunidades que a concessão de crédito oferece, as empresas se veem em uma situação em que é necessário criar estratégias que aumentem sua segurança financeira. Nesse sentido, a gestão de crédito se apresenta como uma solução.

A gestão de crédito se dá pela difusão de uma cultura de gerenciamento de risco em relação aos clientes dentro da empresa, com a coleta e análise de todas as informações disponíveis acerca do consumidor que aplica ao crédito.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DA GESTÃO DE CRÉDITO

Esse tipo de gestão pode gerar uma série de vantagens para as empresas que a utilizarem. Confira as principais delas:

1. SEGURANÇA NA ANÁLISE DE CRÉDITO

As tentativas de fraude aumentam a cada dia e os criminosos buscam brechas nos sistemas para obterem crédito já com o intuito de dar o calote. De acordo com o Serasa, em 2017, foi registrada 1 tentativa de fraude a cada 16 segundos, no Brasil. O índice foi o maior em 3 anos.

Com uma análise completa de todas as informações do cliente, é possível chegar a uma conclusão segura da concessão ou não de crédito ao consumidor, evitando assim qualquer fraude contra sua empresa por parte de pessoas de má-fé.

2. AGILIDADE NA LIBERAÇÃO DE PEDIDOS

A concessão de crédito é uma ferramenta para atrair clientes. Porém, a demora na análise de sua situação pode ser um empecilho, criando uma experiência ruim para os consumidores.

Ao aplicar a gestão de crédito, sua empresa contará com uma série de técnicas de análise de informações que assegurará a agilidade na liberação de pedidos, ganhando a confiança de seus clientes em sua política de crédito.

3. RELACIONAMENTO COM CLIENTES QUALIFICADOS

Muitos consumidores não sabem lidar com a oferta de crédito e acabam por comprar mais do que sua liquidez permite, acabando por não conseguir honrar seus compromissos.

Com a utilização de uma gestão de crédito eficiente, o filtro de consumidores que oferecem risco ficará facilitada. Sendo assim, sua empresa realizará negócios apenas com clientes qualificados.

4. REDUÇÃO NA INADIMPLÊNCIA

Um dos principais problemas enfrentados pelas empresas é a inadimplência. Esse fato é fruto de uma má análise de crédito e a falta de técnicas corretas de verificação.

Aplicar uma gestão de crédito melhora seu filtro e, consequentemente, reduz a inadimplência. Sua empresa poderá contar com várias formas de análise e verificação da liquidez de seus clientes.

A gestão de crédito é essencial para a boa performance de uma empresa, impedindo que ela sofra com maus pagadores e, ainda assim, melhore seus resultados atraindo bons clientes.

COMO IMPLEMENTAR UMA GESTÃO DE CRÉDITO ESTRATÉGICA NA EMPRESA?

Uma gestão de crédito estratégica deve ser amparada por uma série de ações que levam à confirmação do menor risco possível para a transação.

A análise que acusa se o cliente é ou não um bom pagador é feita com base em todo o seu histórico financeiro e de relacionamento com o mercado. Para isso, é necessário cruzar informações e dados coletados de diversas fontes.

Após o levantamento de todas as informações, a empresa deve avaliar se o perfil construído para aquele cliente atende os requisitos exigidos em sua política de crédito.

Em diversos casos, a gestão de crédito estratégica esbarra nesse ponto, pois muitas empresas nunca criaram ou não utilizam uma política de crédito. Outra situação bastante comum é a das empresas que têm as suas políticas, mas não estão atualizadas.

A falta de uma política de crédito pode tornar a empresa mais suscetível a riscos, como também pode afastá-la de possíveis oportunidades.

Além disso, é necessário contar com recursos que possibilitem o cruzamento das informações de forma automatizada e ágil. Afinal, a demora na avaliação também pode prejudicar o fechamento de um negócio. Isso sem falar nos riscos que o processo manual pode gerar, pela falta de segurança e efetividade nos resultados.

Atualmente, é possível contar com ferramentas que possibilitam a captura, o armazenamento, filtragem e avaliação dos dados do cliente de forma rápida e precisa. Um sistema de análise de crédito reúne as informações disponibilizadas pelas bureaus de crédito contratadas pela empresa, o levantamento do histórico financeiro do cliente e as informações contidas na política de crédito.

Em seguida, seus algoritmos cruzam todos os dados e retornam em poucos segundos com um resultado seguro, efetivo e de acordo com os objetivos definidos pelo regimento da empresa. Dessa forma, a gestão de crédito é capaz de reduzir os riscos e aumentar as chances do fechamento de melhores oportunidades.

A contratação de um sistema como esse oferece diversos benefício para a empresa, mas antes de escolher por uma ou outra solução é importante se atentar para algumas questões. Veja neste artigo o que você tem que saber antes de escolher um software de gestão.


Publicado originalmente em 27/02/2018 e atualizado em 02/05/2019.