Processos industriais – por que automatizá-los?

A automação é hoje sinônimo de eficiência e de lucratividade. Desde o início do século XX, quando Henry Ford introduziu a ideia de seriação na linha de montagem nas fábricas, os processos automatizados vêm ganhando espaço e conquistando a confiança dos gestores. Atualmente, a automação é uma prática comum em todos os setores da produção contínua, da indústria petroquímica ao setor fabril.

Basicamente, como veremos, a automação visa tirar máximo partido das inovações tecnológicas, aplicando-as na vida da empresa. Automatizar envolve, assim, o uso das tecnologias adequadas para integrar e melhorar informações e sistemas da empresa, ajudando a controlar os diversos fluxos de trabalho e possibilitando um monitoramento mais preciso e confiável do desempenho.

A automação pode ser implementada em diversas frentes da empresa, uma vez que existem soluções tecnológicas específicas para diferentes setores. É consenso o fato de que a área comercial é o coração de qualquer negócio.

Pensando nisso, no post de hoje, mostraremos as vantagens de implementar a automação da análise e concessão de crédito nos processos industriais. Descubra aqui de que modo as grandes empresas podem otimizar seus processos com a ajuda de softwares específicos para a gestão de crédito, aumentando o lucro e potencializando o sucesso. 

Compreendendo a automação

Não é exagero afirmar que a automação é algo onipresente em nossas vidas e na gestão das empresas. Quando recebemos uma mensagem num aplicativo de bate-papo ou quando um funcionário paga um boleto da empresa pela internet, são praticadas ações que preenchem os requisitos básicos de processos automatizados. São eles:

– não há interação humana a intermediar aquilo que resulta na ação concretizada;

– trata-se de algo repetitivo, feito sempre do mesmo modo;

– há o envolvimento de sistemas, ou seja, uma parte abstrata que comanda e processa as ações;

– tudo acontece de forma rápida;

– os riscos de falhas são menores.

A última característica é de extrema importância para perceber o valor da automação nos dias de hoje. De fato, as cartas podem se extraviar com uma frequência muito maior do que aquela comparada à das mensagens de textos que não chegam; uma atendente pode errar o seu troco na farmácia do bairro, mas o seu banco sempre vai deixar na conta o total exato correspondente à subtração do valor do boleto – ou pelo menos, as chances de erros são muito insignificantes.

Agora, imaginemos que uma grande empresa deve escrutinar detalhadamente os seus clientes antes de decidir se irá fazer negócio com eles ou não; se irá conceder-lhes crédito ou se será mais prudente negativá-los. Compreensivelmente, uma transação de alguns milhares (ou milhões) de reais envolve um nível de risco que certamente implica a mobilização de recursos com uma complexidade muito maior do que aquela envolvida em uma mensagem num aplicativo de bate-papo ou no pagamento de um boleto. Se a empresa decidir fazer “tudo na ponta do lápis”, checar todas fontes, analisar inúmeros dados, certamente irá perder tempo e clientes – e, pior que isso, correrá o sério risco de se tornar um verdadeiro vespeiro da inadimplência.

A solução para esse caso são os softwares de gestão de crédito. Podemos afirmar: nos dias de hoje, é praticamente impossível uma empresa do setor da indústria passar sem eles e garantir uma competitividade à altura da concorrência.

Segurança, economia e rapidez

A informação que encerrou o tópico anterior pode também parecer que contém certo exagero. Mas vamos mostrar que não.

A concessão de crédito é sempre uma questão delicada, que deve ser avaliada por toda empresa; no setor de processos industriais, pela própria dimensão do volume de vendas envolvido, essa preocupação é maior.

De fato, é necessário considerar as características de um grande volume de clientes e averiguar se eles apresentam condições de quitar as dívidas, analisando seu faturamento, histórico de crédito e restrições nos órgãos de proteção ao crédito, entre outras informações. Uma política de crédito ausente ou mal gerida pode implicar prejuízos irreparáveis e, em último caso, resultar na própria falência do negócio.

No setor industrial, a constante e frenética evolução resultou em um mercado cada vez mais competitivo, com margens de lucro mais baixas. Os processos industriais foram respondendo a isso e no setor fabril tarefas que eram antes realizadas por pessoas ou por sistemas eletromecânicos hoje são levadas a cabo por sistemas de inteligência artificial. Como dissemos, esses processos diminuem os riscos de falha, padronizam procedimentos e fazem mais em menos tempo. Menos falhas, mais qualidade e menos tempo significam, logicamente, mais retorno financeiro.

No momento de escoar a produção, ou seja, no momento das vendas, a automação também pode se fazer presente nos processos industriais com a implementação de um software de gestão de crédito.

Com um sistema de Avaliação de Crédito para Pessoa Jurídica, as transações ganham celeridade e a aprovação de clientes novos é feita de modo seguro, diminuindo a gestão de risco pela empresa. O sistema é capaz de consultar e processar uma enorme fonte de dados e, a partir disso, apontar caminhos decisórios mais seguros e responsáveis. Com os resultados de tais dados, a empresa pode, inclusive, direcionar o Departamento Comercial a decidir em quais clientes deverá focar.

O padrão obtido na concessão de crédito é outra vantagem que merece destaque. Empresas grandes, com alto fluxo de vendas, podem acabar concedendo crédito a clientes inadimplentes, ou a se negar fazer negócios com os bons pagadores. O software, por outro lado, padroniza as decisões, permitindo que a empresa tenha em mãos uma análise clara do perfil da sua cartela de clientes. Isso também libera mão de obra humana para outras funções dentro da empresa, uma vez que até 60% do processo pode ser feito de forma independente por um sistema.

Como vimos, nos dias de hoje, para uma grande indústria, é tarefa impossível manter-se competitiva e garantir lucros sem uma política de concessão de crédito definida e sem um software para geri-la adequadamente.

É por isso que a Deps oferece soluções adequadas a indústrias de vários setores. Então, aproveite sua visita ao nosso blog, entre em contato conosco e conheça as soluções que temos a oferecer para otimizar o seu negócio.