/
/
A importância da integração de dados na implantação de projetos

A importância da integração de dados na implantação de projetos

Integração de dados: conheça a importância para a implantação de projetos. A integração de dados e sistemas nas empresas é, cada vez mais, um aspecto estratégico para uma gestão bem-sucedida e antenada ao séc. XXI. Neste post, explicamos por quê.

A ideia de categorizar o mundo é um construto científico, social e cultural.

Isso mesmo!

A ideia de que, por exemplo, devemos estudar os conhecimentos por meio de disciplinas estanques, com “cada coisa no seu lugar”, é algo que remonta a uma concepção racionalista do mundo, que teve origem lá pelo séc. XVI. Na verdade, sabemos que os conhecimentos de várias áreas estão interligados – afinal, para entender química, temos que saber matemática e assim por diante.

cta analise de credito

Isso acontece em vários outros domínios. Pense, por exemplo, em um negócio.

Quando um produto é vendido, um pedido é inserido pelo time comercial em um sistema. Para que isso aconteça, antes disso, o time teve que verificar se esse cliente era adimplente e se fazer negócios com ele seria vantajoso. Depois da venda for efetuada, gera-se uma demanda para a área de suprimentos e uma baixa de estoque, para reposição do item. Percebe como todas as coisas estão interligadas, como uma influencia a outra?

Agora imagine gerir de forma isolada todas essas dimensões de um negócio, que, na realidade, funcionam como uma engrenagem? As chances de retrabalhos, erros, atrasos e burocracia aumentam muito!

É por isso que no post de hoje decidimos chamar a atenção para a importância da integração de dados na implantação de projetos e na gestão de negócios de forma geral.

Vem com a gente, pois em seguida te explicamos quais são as vantagens de se trabalhar com um sistema unificado.

O que é a integração de sistemas?

A integração de dados e sistemas é um processo que tem como objetivo reunir duas ou mais soluções empresariais em apenas uma ou deixá-las interligadas por meio de uma solução de gestão. Basicamente, tudo que estava disperso, dividido por vários sistemas com aspectos diferentes, fica concentrado em um sistema ou interligado por meio dele.

Vejamos outro exemplo. Pense em um setor como o Departamento de Recursos Humanos (DRH) de uma empresa. Esse setor lida com rotinas como pagamentos, férias, informações funcionais (data de admissão, desligamento, faltas) e controle do ponto eletrônico. Imagine agora que, para gerir todos esses dados, as equipes desse DRH tivessem que acessar sistemas diferentes para cada uma dessas rotinas? Parece trabalhoso, claro, mas o problema não fica por aí. Se uma pessoa falta de forma não justificada – informação que está no sistema de registro de ponto eletrônico – isso vai gerar, possivelmente, um desconto em Folha de Pagamento. Ora, se os sistemas não conversam entre si, esse lançamento terá que ser manual. Imagina a trabalheira?

Esse mesmo impacto negativo de sistemas estanques pode ser percebido em muitas outras áreas das empresas, como a financeira e de vendas, por exemplo. Então, podemos afirmar que a integração reduz o trabalho e dá mais dinamicidade e agilidade aos processos.

Vejamos outras vantagens.

Quais as vantagens de realizar essa abordagem operacional?

A integração de sistemas gera grandes impactos no dia a dia da gestão empresarial, simplificando e agilizando a comunicação entre os diversos setores organizacionais.

Como consequência disso, temos outras vantagens.

Diminuição de custos

A eliminação de sistemas ineficientes poupa tempo, e tempo é dinheiro!

Processos automatizados via sistemas integrados diminuem o tempo gasto na execução das diversas atividades, e isso faz com que o tempo e os recursos economizados possam ser direcionado a tarefas mais estratégicas, que vão gerar mais retorno.

Por isso, as organizações com maior colaboração entre departamentos têm receitas maiores e um nível mais elevado de inovação.

Expansão da cartela de clientes

Contar com processos integrados é essencial para que a empresa consiga atender a cada vez mais clientes. De fato, para a expansão dos negócios, é um aspecto essencial.

Pensemos, por exemplo, na análise que crédito que precede a uma venda. O fator tempo é muito importante essa análise, certo? Agora imagine analisar de forma manual dezenas de centenas de informações dispersas? Um ser humano não consegue fazer isso em um tempo razoável.

Os softwares de gestão de crédito têm a capacidade de apresentar sugestões de limites de crédito responsável fazendo a análise de mais de 700 variáveis de diferentes proveniências. Tudo isso em segundos – e tudo de forma segura!

Isso permite atender a mais pessoas e expandir a cartela de clientes.

Melhoria da gestão

O aperfeiçoamento de processos é fundamental para toda empresa que deseja sobreviver no mercado, manter-se competitiva e obter sucesso.

Isso, na verdade, só é possível com uma boa integração de sistemas, porque as várias atividades e tarefas que, na realidade estão interligadas, poderão ser melhoradas de forma também integrada e de modo mais simples.

Além disso, com esse tipo de sistemas, os gestores têm acesso muito facilitado a uma visão panorâmica dos dados da empresa e podem, assim, tomar decisões mais assertivas.

Pense, por exemplo, em um alinhamento das vendas às políticas de crédito da empresa. Se os sistemas são alinhados, os clientes passam a ser classificados automaticamente, considerando as políticas de crédito vigentes. Esse alinhamento permite gerir o crédito de acordo com a realidade do negócio, mapeando oportunidades e ameaças.

Redução de retrabalho

Se os dados estão registrados em um sistema amplo e eficiente, os retrabalhos diminuem significativamente – todos sabem o que já foi feito, pois a consulta disso se dá de forma centralizada.

A maior acessibilidade às informações facilita também a consulta e a recuperação das informações, já que eles ficam disponíveis em um só lugar para todos.

Melhora na comunicação e na relação com os clientes

Outro benefício da integração de sistemas é a melhora na comunicação e na relação com os clientes. Isso ocorre porque fica mais fácil acessar dados durante a interação de vendas, por exemplo.

Se os sistemas são interligados, basta consultar um único local para saber histórico de compras, dados cadastrais, adimplência/inadimplência etc.

Afinal, se o tempo da sua empresa é precioso, o do seu cliente também é.

Não é exagero dizer que trabalhar com sistemas e processos isolados é cada vez mais coisa do séc. XVI! Com a adoção de um software como o Deps Net, você passa a integrar o sistema de gestão de análise de crédito a outros sistemas da sua empresa. Assim, diversas fontes de informações passam a estar reunidas em um só lugar – critérios como cadastro, risco, limite, cobrança e avaliação de carteira. E tudo isso é atualizado em tempo real, graças a um sistema que agrega dados de múltiplas origens, via on-line.

Quer levar essa solução para a sua empresa e, com ela, todas as vantagens referidas neste post? Entre em contato conosco agora mesmo e fale-nos mais das suas necessidades.

POLITICA DE CREDITOS

Até o próximo post!

Simone Silvano

Deps – Além da análise de crédito

Compartilhar:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter

Preencha o formulário que
entramos em contato com você.

DPO: Nextgen Consultoria e Treinamento.