Cobrança e recuperação de crédito: você sabe a diferença?

O que difere a cobrança da recuperação de crédito?

Para que as empresas se mantenham estáveis no mercado e possam crescer, é fundamental que, além de vender, elas recebam esses valores. Quando algum pagamento está em atraso, ou seja, os clientes estão inadimplentes, ela tem duas opções: a cobrança e a recuperação de crédito.

Por isso, negociar de forma humanizada e eficaz é fundamental. Pensando nisso, resolvemos criar este artigo com as duas maneiras mais comuns de realizar cobranças, suas diferenças e as boas práticas em cada uma delas.

Boa leitura!

O que é e como funciona a cobrança?

A cobrança nada mais é do que o processo de abordagem dos clientes que ainda não realizaram o devido pagamento e que não estão com seus nomes negativados ou em protesto.

Nesse caso, a dívida é recente e as chances do pagamento acontecer mediante uma conversa educada é bem maior. Por isso, é preciso oferecer condições de pagamento diferenciadas, como parcelamentos, descontos e formas de pagamentos.

Essa estratégia, apesar de muito utilizada, é bastante complexa, pois exige a utilização de uma linguagem específica a fim de convencer o cliente sem faltar com o respeito. Afinal, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 42, pune cobranças vexatórias ou indevidas.

Boas práticas na cobrança

Para que você não tenha problemas no momento de realizar a cobrança, trouxemos algumas boas práticas que podem auxiliar neste processo. Confira!

Tenha uma régua de cobrança

A régua de cobrança é uma maneira de padronizar e personalizar a forma como você realiza a cobrança dos seus clientes.

Com ela é possível segmentar e criar estratégias de cobrança específicas, de acordo com a idade, escolaridade, local onde moram, meios de pagamento mais utilizados, entre outras informações.

Busque diferentes pontos de contato

É importante personalizar os pontos de contato, você pode utilizar o e-mail, mensagem de SMS, WhatsApp, ligação ou qualquer outro que você julgar importante.

A dica aqui é saber qual o meio mais utilizado pelos seus clientes e fazer uso deles para uma comunicação mais efetiva.

Tenha uma abordagem amigável

Uma abordagem amigável é um dos segredos para uma cobrança de sucesso. Portanto, ofereça treinamentos para a sua equipe para que eles sejam capazes de cobrar de uma maneira humana e empática.

Dessa forma, as chances de conseguir um acordo e reaver o dinheiro são muito maiores. Ainda, o cliente pode acabar recomendando a sua empresa para amigos e familiares. Assim, além do dinheiro, você pode acabar ganhando novos clientes!

E a recuperação de crédito, o que é?

Já a recuperação de crédito ocorre depois que o nome do cliente é negativado, objetivando o recebimento de dívidas mais antigas ou que já prescreveram. Aqui, o cliente pode tentar uma negociação para o pagamento dos valores ou quitá-los de uma única vez.

A recuperação de crédito possui benefícios para ambas as partes. O inadimplente acaba tendo o restabelecimento do crédito no mercado e você recebe o que lhe é devido. Além de evitar o custo de enviar a cobrança a escritórios jurídicos especialistas.

Boas práticas na recuperação de crédito

Veja, a seguir, algumas técnicas que tornarão o seu processo de recuperação de crédito muito mais eficaz.

Garanta tentativas de contato suficientes antes da negativação

Antes de negativar o nome de um cliente, é necessário que você esgote as tentativas de contato e cobrança, tentando fazê-las por meio dos mais variados meios.

Caso isso ocorra, as chances de uma negociação amigável podem ser extintas, além do cliente acabar difamando o nome da sua empresa.

Por isso, tenha um controle do histórico das tentativas de cobranças e, somente após esgotar esta possibilidade, realize a negativação.

Tenha uma política de cobrança e recuperação de crédito bem definida

Contar com uma política interna de cobrança e recuperação de crédito é essencial, podendo evitar problemas futuros. Veja o que ela deve abordar:

  1. Planejamento: estruturar e padronizar as dívidas de acordo com as datas de vencimento, tipo de cliente, valores devidos, entre outros;
  2. Controle: tenha uma sistema informatizado que faça a organização, integração e controle de todos os dados dos seus clientes e dívidas em aberto;
  3. Capacidade de negociação: aqui, você vai precisar dispor de ferramentas de negociação conhecidas e contas com a disponibilidade dos recursos humanos.

Ofereça condições especiais de negociação

Ter flexibilidade e oferecer condições especiais e que podem levar ao pagamento da dívida é outro fator muito importante. Portanto, estabeleça critérios para renegociação de valores, prazos e condições de pagamento, buscando a quitação da dívida da melhor maneira para ambos os lados.

Agora que você já conhece as diferenças entre cobrança e recuperação de crédito, fica claro que a adoção de boas práticas é fundamental em ambos os processos, para que sejam feitos com sucesso.

A Deps Tecnologia possui as melhores soluções para tornar estes processos mais eficazes e seguros.

E se desejar conhecer mais sobre as nossas soluções. Agende uma apresentação será uma honra para nós atender a sua empresa.

POLITICA DE CREDITOS

Para não perder os próximos conteúdos, aproveita a sua visita ao nosso blog e segue as nossas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram, YouTube e Linkedin.

Até mais!

Simone Silvano

Solicite aqui o seu orçamento!

Fazer Orcamento rodape
Aceite

Ao enviar este formulário, você estará consentindo e autorizando-nos a encaminhar ofertas, promoções e notícias sobre a Deps, mantendo informações em nosso banco de dados. Aplicamos rigorosamente a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) em nossa comunicaçã

Preencha o formulário para entramos em contato com você
Mais soluções Deps no meu negócio
Aceite

Entrar em contato

WhatsApp

WhatsApp

Solicitar orçamento via popup

Aceite

Preencha o formulário que
entramos em contato com você.

DPO: Nextgen Consultoria e Treinamento.