/
/
Proteção de dados dos clientes

Proteção de dados dos clientes

Segundo o “Relatório de Segurança Digital”, no primeiro trimestre, o número de ciberataques o Brasil sofreu mais de 2,6 bilhões de ciberataques no primeiro semestre de 2020. No mesmo período, uma a cada quatro pessoas foi vítima do cibercrime, o que corresponde a um total de cerca de 80 milhões de usuários.

E ninguém está a salvo de um ataque – nem mesmo as empresas, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte.

Em maio 2017, o Wanna Cry, uma espécie de vírus, provocou um caos por todo o mundo, após ter se difundido através de técnicas maliciosas pela internet, infectando milhares sistemas, dentre os quais estavam grandes negócios e órgãos como o Ministério Público do Estado de São Paulo e até o Serviço Nacional de Saúde Britânico.

Se expressarmos os prejuízos em termos monetários, calcula-se que as perdas das empresas brasileiras com crimes virtuais são da ordem dos 10 bilhões de dólares por ano, ou seja, cerca de 32 bilhões de reais.

Esses números impressionantes mostram que a Segurança da Informação não é algo dispensável nos dias de hoje, merecendo a atenção de todos dos usuários até as grandes corporações.

Pensando nisso, nesse post abordamos o tema da proteção dos dados.

Mostraremos a sua empresa como uma plataforma sistematizada de alta performance, pode ajudar a sua empresa a proteger informações sobre os seus clientes, tornando seus processos mais seguros e mais credíveis.

AdobeStock 383184552

Segurança e vantagens competitivas

O ransomware criptográfico é um dos exemplos das ameaças cibernéticas com que as empresas devem se preocupar. O cibercriminoso criptografa todos os arquivos de dados na máquina do usuário, tornando-os inacessíveis. Trata-se, assim, de uma espécie de sequestro de dados. Em seguida, exige-se um resgate (“ransom” significa “resgate”, em inglês) para restabelecer o acesso às informações.

Calcula-se que esse tipo de ataque seja responsável por quase 60% de todos os cibercrimes, que acontece com qualquer pessoa, mas, em empresas, o estrago pode ser muito maior, ao envolver informações sigilosas, de clientes ou de terceiros. Um ataque de ransomware pode ser evitado, em grande parte e entre outras ações, se a empresa contar com um software adequado, que garanta a proteção das informações.

Atualmente, o Brasil ainda não dispõe de uma legislação específica sobre a proteção de dados pessoais, à semelhança do ocorre na Europa desde maio deste ano, embora tramite por aqui o Projeto de Lei n.º 53, que pretende preencher essa lacuna. Num cenário em que não dispomos de uma regra estabelecida, o mercado tende a se autorregular. Nesse contexto, empresas que adotam boas práticas e regras claras de governança de dados, antecipando-se à solução dessa lacuna legislativa, tendem a sair na frente em termos competitivos.

De fato, a garantia de privacidade e a segurança no tratamento das informações pode constituir uma vantagem competitiva no relacionamento com o cliente. Por isso, muitas empresas têm investido em softwares que as permitam proporcionar essa realidade ao consumidor ou usuário, construindo com ele uma relação baseada em uma presunção de confiança.

A segurança de um software especificamente produzido para abrigar dados de clientes é também logicamente muito maior, em comparação com a de um processo manual, não automatizado. Assim, a empresa fica menos suscetível a ataques como o dos ransomwares.

AdobeStock 174985075

Plataforma de Gestão de Crédito e Risco

Além de otimizar os processos e tornar a esteira de vendas algo mais ágil, conforme já mostramos aqui blog em textos anteriores, os softwares de gestão de crédito asseguram o tratamento dos dados pessoais de seus clientes de forma segura e confidencial, uma vez que o processo é feito de forma automatizada, reduzindo o contato humano com as informações sigilosas.

Otimizar os processos e tornar a esteira de vendas algo mais ágil, conforme já mostramos aqui blog em textos anteriores, os softwares de gestão de crédito asseguram o tratamento dos dados pessoais de seus clientes de forma segura e confidencial, uma vez que o processo é feito de forma automatizada, reduzindo o contato humano com as informações sigilosas.

Além disso, o software permite criar níveis diferenciados de acesso a determinadas informações e registros, de acordo com a LGPD e com as funções e as necessidades de cada colaborador, o que é definido pela própria gestão da empresa.

A Deps está Além da Análise de Crédito, temos um método único e diferenciado, oferecemos soluções de alta performance para gestão e automação inteligente de crédito, que permitem gerenciar de forma segura e criteriosa os dados dos seus clientes.

Entre em contato conosco para saber mais sobre as soluções que temos a oferecer e que poderão ajudar em uma gestão segura das informações comerciais do seu negócio.

Agora, compartilhe essa informação em suas redes sociais e ajude a informar outras empresas sobre os principais pontos relacionados à segurança de dados com a vigência da LGPD!

CTA horizontal 1

Por hoje, é tudo. Para receber outras das nossas dicas voltadas para o mercado financeiro e estar sempre atualizado, siga nossas redes sociais agora mesmo. Estamos no Facebook, Instagram, YouTube e Linkedin.

Até o próximo post!

Compartilhar:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter