/
/
Gestão de Conhecimento: 6 práticas para melhorar os processos da empresa

Gestão de Conhecimento: 6 práticas para melhorar os processos da empresa

Muito se fala sobre a gestão de conhecimento e a forma como ela pode ser utilizada para melhorar os processos e resultados de uma empresa, além de tornar sua administração mais eficaz.

No entanto, muitas empresas ainda não sabem de que forma começar a organizar o seu conhecimento de forma estratégica, como aplicar esse conceito na prática e desenvolver, capturar, armazenar, utilizar, disseminar e proteger o conjunto de dados relevantes para o negócio.

Quer saber como fazer isso? Então acompanhe nossas 6 práticas para fazer a gestão de conhecimento e melhorar os processos da empresa:

1. Crie canais de comunicação e discussão

Os diferentes setores da empresa possuem atribuições, rotina e necessidades distintas. Por isso, é importante criar canais em que serão discutidos os assuntos de interesse geral, bem como canais segmentados de acordo com sua relevância para determinados grupos.

Dessa forma, sempre que um colaborador se depara com um desafio, ele não precisa perder tempo “reinventando a roda”. Caso o problema tenha uma solução já pronta ou dependa de informações já coletadas, ele pode acessá-la facilmente e aplicá-la às suas necessidades.

2. Estabeleça uma linha direta com o nível estratégico

A solução para aquele problema que prejudica a produtividade ou a inovação que pode potencializá-la e diferenciar a sua empresa no mercado possivelmente já está na mente de um dos seus colaboradores.

Porém, sem um meio adequado para torná-la conhecida pelo nível estratégico, essa ideia pode acabar engavetada, deixando de agregar valor e produzir resultados.

Portanto, é necessário estabelecer modos de tornar essas possibilidades conhecidas pelo nível estratégico e monitorar essas informações. O compartilhamento de trabalhos extracurriculares, projetos para o desenvolvimento de novos produtos e soluções precisam encontrar expressão por meio de um canal específico.

3. Promova a integração de dados

Todo negócio possui um conjunto de conhecimentos e informações fundamentais ao seu bom andamento e sucesso. Além disso, cada departamento também necessita trabalhar com dados específicos.

Os processos se tornam muito mais simples quando essas informações são centralizadas em plataformas colaborativas, por exemplo. Nelas as ações dos colaboradores geram atualizações em tempo real, o que agiliza processos e provê segurança para operações de outros funcionários, favorecendo decisões acertadas.

Um exemplo é o software de crédito inteligente. Ele consulta os provedores e integra dados de mais de 28 sistemas diferentes, que são interpretados de acordo com a política de crédito da empresa.

Desta forma, cada analista tem em mãos um conjunto de informações relevante para uma tomada de decisão mais ágil e eficiente.

22

4. Incentive a inovação

Sabe-se que a inovação é fundamental para a sobrevivência das organizações. Sem ela os produtos e serviços tornam-se obsoletos, a empresa perde vantagem competitiva e acaba por ceder espaço para seus concorrentes.

Por isso, ela deve ser incentivada com uma política que não pune os colaboradores pelos equívocos que eles cometem nesse processo e que mostre como é possível gerir riscos com responsabilidade.

5. Estabeleça uma cultura de conhecimento

O ambiente da empresa deve fomentar a pesquisa sobre as práticas que fazem parte da rotina dos funcionários e estimular inovações que podem ser adotadas para melhorar a qualidade dos produtos, serviços e processos.

É importante criar iniciativas que façam os funcionários se sentirem parte do negócio. Dessa forma, eles serão motivados a adquirir conhecimento continuamente, aplicá-lo para obter uma performance melhor e compartilhar suas ideias, agregando valor à empresa.

6. Baseie seus treinamentos na gestão de competências

Os treinamentos podem contribuir para melhorar a qualidade dos produtos e tornar a equipe mais produtiva ou se revelar uma tremenda perda de tempo e recursos. Como, então, acertar na escolha?

cta analise de credito

A chave é identificar as competências fundamentais para o desenvolvimento do negócio, analisar a performance do grupo e focar o seu treinamento naquelas que estão mais deficientes no momento.

Dessa forma, o gestor garante que os colaboradores vão adquirir conhecimentos realmente relevantes para o exercício de suas funções, contribuindo para melhorar os resultados da companhia.

Entendeu como fazer a gestão de conhecimento se tornar parte da realidade da empresa?

Quer descobrir outras formas de aperfeiçoar seus processos e promover o sucesso do negócio? Assista o vídeo abaixo com Cristoffer Medeiros o criador do método Deps, para você entender como trabalhamos e atendemos os nossos clientes. 

Para não perder os próximos conteúdos, aproveita a sua visita ao nosso blog e segue as nossas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram, YouTube e Linkedin.

Até mais!

Simone Silvano

Deps – Além da análise de crédito

Compartilhar:

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter

Preencha o formulário que
entramos em contato com você.

DPO: Simone Silvano